AGUA NORTE

 

 

As pragas urbanas são classificados como nocivas à saúde humana. Antes apenas silvestres, esses insetos e animais se adaptaram aos centros urbanos após a urbanização, que eliminou seu habitat e seus componentes de sobrevivência como alimento e água.

Assim os ambientes internos como prédios, galpões e casas passaram a ser locais escolhidos para encontrar alimento e abrigo.  Este fenômeno deu origem as pragas urbanas que  se tornaram vetores de doenças e causadores de enormes prejuízos.

Para combatê-los, foram criados os serviços de controle de pragas, necessários para conter as infestações e reequilibrar o ambiente.

Além do incomodo, a questão da saúde é a parte mais importante, afinal elas podem carregar em seus corpos doenças sérias que podem afertar o ser humano.

Dengue, hepatite A, leptospirose, zika, filariose, são só algumas das doenças que podem ser proliferadas no seu lar ou ambiente de trabalho.

Controle de pragas é obrigatório nas empresas?

Sim! O serviço é obrigatório, principalmente para empresas da indústria alimentícia. Há um manual de boas práticas para a segurança dos alimentos, ou seja, para que ele não seja contaminado é necessário um conjunto de ações para garantir a qualidade da comida desde a produção até chegar ao consumidor final. Um dos itens é o controle de pragas.

Como funciona o Controle de pragas

O nome correto do serviço é CIP (Controle integrado de pragas) ou MIP (Manejo integrado de pragas).

É um sistema de ações preventivas e corretivas que inclui intervenções físicas, químicas e biológicas com o objetivo de evitar a atração de insetos e animais para dentro do ambiente.

Os indivíduos são atraídos por 4 elementos, os chamados 4 As do controle de pragas: abrigo, acesso, alimento e água. O serviço deve ser feito por profissionais especializados, pois envolve a segurança e a saúde do cliente e dos profissionais que executarão o serviço.

Para empresas alimentícias

Segundo determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), empresas alimentícias precisam ter um plano de ação contínua que previna a atração, acesso ou proliferação de pragas.

O Controle de Pragas deve ser realizado por uma empresa especializada mensalmente para saber a necessidade de desinsetizações e outras ações de eliminação de pragas.

 

Para empresas e condomínios

Para esse tipo de ambiente, é recomendada a contratação de uma empresa especializada no CIP a cada 6 meses.

 

Para residências

Não há nenhuma legislação que determine a frequência com que deva ser feito o CIP em residências. O ideal é que seja feito anualmente. Em alguns casos é preciso fazer com mais frequência, por isso recomenda-se que o contato com a empresa especializada seja feito sempre que necessário.

O serviço prestado pela Água Norte é capaz de controlar a incidência de insetos rasteiros ou voadores.

Para sua realização fazemos uma inspeção no local, identificando os focos para a escolha do produto necessário de acordo com as pragas alvo no procedimento.

Se ficou alguma dúvida entre em contato conosco para realizar um orçamento para sua empresa.

Até a próxima!

Compartiplhe

Fechar Menu